segunda-feira, 27 de junho de 2011

"é a trama / a marca do solstício"


é a trama
a marca do solstício
camerata
osíris.sorriso
da boca que me sugou
calígrafa escrita
escrava língua


nula cáscara sagrada
couro
lábio fendido
miragem
torpor
cal e pedra
engradado 
de blocos de granito
cápsula de rocha
copo de vidro
vento encanado 
memória maldita
palavra encarnada
túnel azul
com luz no fim
é a fonte
o luar
a calçada
o câncer
catraca
cartago
mogno
aço

saliva morna
de boca em boca
o paladar
a prova

narinas dilatadas
o odor mesclado
pele sobre pele
poça e asfalto
peito e mamilo
íris e olho
e costela
osíris.sorriso
de crocodilo



igor k marques

1997

Veja outras matérias

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...