domingo, 6 de junho de 2010

a escrita espessa . caldo grosso


a escrita espessa
caldo grosso
excreto porra
a seiva do caule
saliva da fala
exceto o pó
a borra
o farelo
dejeto do falo
retórico melaço


Igor Marques
2 de maio/2006



ainda o eco de um tambor
repercute dentro
nos tímpanos
de minha escuta plena
fones colados
em ouvidos atentos
entre centenas de vozes 
de meu novo réquiem de Mozart
(help me rise above this ceiling)


Igor Marques
31 de janeiro/2008 



in my heart
still the echo
of steel drums
stealing mellow dramas
from soap operas
hartome de verte
dreaming still
sueños de acero dulce
bañada en azules
luces banales de un monitor
de TV

Igor Marques
30 de janeiro/2008



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja outras matérias

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...